sábado, 25 de setembro de 2010

FELIZES SÃO ELES


Felizes são os pedreiros. 

Que acordam tão cedo quanto eu, porém, ao final do dia passam no bar, tomam uma pinguinha e vão felizes para casa. Dormem tranqüilos e, no dia seguinte, estão de volta a obra!

Enquanto eu me preocupe demais em estudar mais, me especializar, conseguir um bom emprego, ser reconhecida pelo trabalho, fazer carreira.

Preocupo-me com as crianças na África, com a bolsa de valores, preço das ações da Petrobrás, com a reforma na saúde dos Estados Unidos, com o estado das estradas brasileiras, com o terremoto que atingiu a Nova Zelândia...
Acordo com os pensamentos borbulhando. Pensando no que deixei de fazer no dia anterior e que terei que dar conta hoje!

Esta simples comparação me leva a crer que tenho mil vezes mais chances de sofrer um infarto do que as pessoas que vivem na classe mediana da nossa sociedade.
Então me diz: VOCÊ TROCARIA DE VIDA?

Um comentário:

  1. ahahahhahahahha
    acho que vou "estudar" para ser presidente do país.

    ResponderExcluir

Olá! É um prazer vê-lo (a) por aqui! Fique à vontade para dar sua opinião!