segunda-feira, 4 de abril de 2011

Ameaça silenciosa

A emissão da gases poluentes é um problema que vem preocupando pesquisadores e ambientalistas há várias décadas.
O desmatamento das nossas reservas florestais e o aquecimento global são temas sempre lembrados quando se fala em meio ambiente.
Mas existe uma ameaça ainda pouco conhecida da maioria da população: a acidificação dos oceanos.



Esta acidificação ocorre devido ao fato de que metade do dióxido de carbono (CO2) produzido pela queima de combustíveis fósseis, principalmente pelos automóveis, vai parar nos oceanos, causando a diminuição do ph.



A mudança no PH faz com que haja um desequilíbrio no ecossistema marinho. Animais que têm estrutura esquelética a base de calcite (CaCO3) têm sua mobilidade reduzida, inibição de alimentação, crescimento reduzido, dificuldades respiratórias, aumento da sensibilidade à infecções, dissolução das carapaças e consequentemente aumento da mortalidade.



Estes animais formam a maior parte da base da cadeia alimentar, ou seja, eles são o alimento de outros animais, que são alimento de animais maiores e assim por diante. Se a base é atingida ocorre um efeito dominó e as consequências podem ser terríveis.



A diminuição da quantidade de peixes já é notada em várias partes do mundo e, infelizmente, se não forem tomadas medidas para reverter o problema, a situação no futuro será desanimadora.

2 comentários:

Olá! É um prazer vê-lo (a) por aqui! Fique à vontade para dar sua opinião!